quinta-feira, 13 de março de 2008

Sindicato Dos Assistentes de Sala

Meus caros camaradas,

Vós estais descontentes pela maneira como são tratados pelo nosso chefe?
Sentem-se oprimidos pelo seu método hostil e controlador de nos dividir pelas quatro ordens, foyer, frisas e afins?
Sentem que o vosso trabalho é desrespeitado ao serem mandados para o elevador, como se estivessem na escola primária a contar os "piquinhos" da parede durante 3h por terem falado um pouco mais alto na sala de aulas?
Já chega meu(minha) camarada amigo(a).. esses dias podem acabar! vamos acabar com o fascismo no nosso digno trabalho e mostrar que são os trabalhadores a mandar e não o nosso velho e chato chefe, cujos métodos escaparam ao 25 de Abril de 74.
Junta-te a nós, sem medo e venceremos.
O Sindicato dos Assistentes de Sala (SAS) é um organismo bonito e limpo, que apesar de não ter um tempo de antena, pode fazer a diferença.
Com o SAS, podemos ser nós a mandar na arrumação dos espectadores do S.Carlos. É fácil.
"Mas como é possível acabar com tremenda injustiça?" perguntam-me vós? Ora bem, Inscreve-te no SAS... para tal, estaremos em cada espectáculo a entregar folhetos e a aceitar inscrições, de forma discreta, até 1 hora antes de cada espectáculo terminar. E até 1hora pq? passo a explicar! queremos 24 inscrições e, para que estejamos todos, terá que ser até essa hora!!! (essa é outra!!!)
Camarada.. se tás deprimido a arrumar as pessoas nos seus lugares... Se sentes que não podes fazer nada porque o chefe parece um herói grego por ser tão forte... Se entraste na menopausa sendo um homem bastante viril... Então inscreve-te no SAS... Estamos à tua espera.

".... Com o SAS, a sua vida nunca mais andará para trás..."

PAZ

7 comentários:

João Martins Abrantes disse...

Hasta la Victoria Siempre!

el Comandante

the boss disse...

SAS - São Animais Sofredores

the Boss disse...

A vingança será terrivel, sr. murfyn (parece nome de bolacha)

O (CHE)fe

JPC disse...

Comunistas!
:D
Sindicato é coisa de comuna. Os direitistas aniquilam os opressores e tornam-se eles próprios opressores. Portanto, temos é que aniquilar o chefe...

Sandra disse...

Eu não me sinto propriamente oprimida pelo chefe, mas também não há chefe que me meta medo e os heróis gregos, bem digamos que eu já conheci os gregos e de heróis têm pouco, mas sinto-me sempre solidária com todos os tipos de luta, porque gosto de ser do contra, por isso contem comigo. Não precisa ser 1 hora antes do espectáculo terminar, porque normalmente saio 30 a 10 minutos antes, mas terei todo o gosto em assinar!!!

João Martins Abrantes disse...

Se o Governo tem a ASAE... nós temos o SAS! E como diz o SAS: O Bruno é bom rapaz!

Maria Sassetti disse...

A malta unida jamais será vencida!